quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

BELMONTE, Aldeia Histórica (04)

                                                                Capítulo IV

Chegou a hora de partir. O Calendário a isso obriga. Com muita pena não conseguimos visitar o Museu do Azeite, O Ecomuseu do Zêzere (instalado na antiga Tulha dos Cabrais) e o Museu dos Descobrimentos ( um centro interpretativo da história do "Achamento do Brasil " ).

Não houve tempo para tal mas ainda bem. Deixamos para trás motivos de sobra para voltar e por certo iremos concretizar esse desejo na primeira oportunidade pois Belmonte é uma fonte inesgotável de belos recantos onde se respira a nossa história como povo.

Ficam aqui os últimos registos fotográficos fechando com chave de ouro esta viagem.

No morro do castelo a paisagem não engana...

... a natureza, em forma de plantes e flores, adorna todas as moradias dos bairros típicos.

Até as casas apresentam traços arquitectónicos muito apelativos.

Na partida passamos pelo antigo edifício onde em tempos esteve instalada a Estação dos Correios e...

... ao passar junto ao Solar dos Cabrais não resisti. Fotografei o Brasão dessa nobre Família...

.. e eis-me na estrada de regresso a casa.

Mas façam como eu. Não desistam. Mantenham-se atentos (as ) pois não vou deixar morrer este Blogue.  
Outras aldeias, vilas ou cidades que tenham a ver com a nossa história aqui chegarão através dos meus registos fotográficos. Até Breve.

2 comentários:

  1. Lindíssimo conjunto de imagens destes belos locais históricos portugueses!!! Parabén

    ResponderEliminar